sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

REFLEXÕES SOBRE A SOLIDÃO - Por Cronicando

                Sozinho no ventre da mãe. Filho único. Tudo só.

                Já repararam a solidão do número “um”? Sempre o achei soberbo, olhando para cima, olhos cerrados, queixo erguido. Ainda põe-se de costas para o infinito positivo. Ignorando seus iguais, seus irmãos.

                Não... Ninguém quer uma vida assim. O ser humano vorazmente trava batalhas constantes contra a solidão. Casam-se à menor oportunidade e enchem a casa de herdeiros genéticos para lutarem cada um contra seu próprio vazio. Os que não suportam casar enveredam-se em volumosos relacionamentos românticos ou de amizades tão vazios quanto eles próprios, que antes de se mostrarem ao que vieram já encontram guarida nos corações temerosos do nada. A maioria de nós já viveu tudo isto. Casamos, descasamos, casamos novamente, povoamos o mundo de mentes solitárias e nos iludimos em meio a tantas outras. Mesmo em meio à multidão, a luta contra o vazio dentro de nós continua . Talvez esteja aí a resposta que todos que tememos a solidão, buscamos.

                Voltemos ao número “um”. Se ele descesse do pedestal do seu orgulho e olhasse a sua altura com os globos bem abertos, perceberia o infinito presente a sua volta, interagindo entre si. Se percebesse a sua anoréxica estrutura, entenderia que o vazio é interior.

                Amigo leitor, que agora tem a minha sincera companhia através destas letras, para não nos sentirmos sozinhos é preciso perceber a nós mesmos, nos aceitarmos, nos amarmos. Quem não existe não compartilha e quem não compartilha não existe.

                Obrigado pela companhia.

3 comentários:

  1. Olá!!

    Gostei muito do espaço qeu criou...

    Posso te add em meus links na lateral de meu blog?

    Já estou seguindo!

    Um abraço,

    Kleber
    oteatrodavida.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi,

    Meu blog, como informado acima, é:

    oteatrodavida.blogspot.com

    Um abraço,

    Kleber

    ResponderExcluir
  3. Oi,

    Estamos aqui para te avisar que deixamos em nosso blog um selo de qualidade de presente pra você! Pega lá...

    Abraços,

    Kleber e Jonathan
    oteatrodavida.blogspot.com

    ResponderExcluir